Você já pensou em castrar o seu cão ou gato pensando que isso melhoraria o comportamento dele? Na verdade, isso pode ser muito bom para o seu pet, pois a castração ajuda a evitar comportamentos inadequados, impedir aquelas ninhadas indesejadas e ainda evitar várias doenças.

castrar pet comportamento

É um mito quando se fala que o animal fica irritado e estressado depois de ser castrado, ao em vez disso, eles ficam mais calmos, pois os machos não disputam mais pelas fêmeas, não marcam território, e no caso dos gatos se tornam caseiros.

Além disso, no caso de gatas e de cadelas, a castração previne o câncer de útero e de mama, e infecções uterinas graves. Também elas não entram mais no cio, te poupando de todo aquele sangue típico da fase do cio.

No caso dos machos, tanto gatos como cachorros, a castração impede que eles saiam em busca de fêmeas e acabe de uma vez por todas com toda aquela frustração sexual, além de não existir mais disputas e riscos de fuga.

Ao castrar um macho, a chance de o animal ter câncer de testículo e outros problemas de próstata diminui consideravelmente, e aquele impulso e vontade de marcar o território também acaba com a castração.

O comportamento dos animais muda depois da castração, pois os órgãos retirados na cirurgia são os responsáveis por produzir os hormônios, e por sua vez responsáveis por fazer a fêmea entrar no cio, e fazer o macho enlouquecer com a fêmea, assim como também ocorre com o comportamento humano.

Apesar de melhorar o comportamento, não será apenas isso que vai resolver o problema do seu animal. Diversos fatores podem influenciar no mau comportamento, como genética, o ambiente em que vive e alguns fatores hormonais.

Para as cadelas e as gatas, a idade ideal para a castração é antes do primeiro cio, já no caso de cães e de gatos, o ideal é castrar após um ano, pois é quando o animal já atingiu a maturidade sexual.

Lembre-se que apenas o comportamento influenciado pelos hormônios é que serão melhorados. Algumas vezes o mau comportamento pode ser característico da raça, ou dependendo do ambiente que vive e a forma como é tratado.

Como funciona a castração:

Para os cães e gatos, a operação envolve a remoção dos dois testículos. Eles são removidos pelo corte cuidadosamente através da pele, mesmo em frente do escroto e através de várias camadas que cobrem o testículo.

Os grandes vasos sanguíneos e o cordão espermático têm que ser amarrado com cuidado antes de cortar, permitindo a remoção do testículo. Após a castração, pode ser que por um tempo ele ainda poderá ser fértil.

Já no caso de cadelas e gatas, é necessário fazer a remoção do útero e dos ovários, sendo assim uma cirurgia um pouco mais demorada do que o dos machos, que em geral levam apenas 10 minutos.

Após a cirurgia de castração é preciso ter alguns cuidados com os animais eles precisam de um bom descanso por pelo menos 24 horas. Observe-os bem, pois devido à anestesia eles podem se sentir um pouco desorientados.

Faça apenas passeios curtos com o seu cão para não o cansar e não prejudicar a cirurgia, e após uma semana de cirurgia leve-o ao veterinário para ser avaliado.

Desvantagens da castração

Quando interrompemos um processo natural, surgem também alguns problemas nos animais:

No caso de cães e cadelas, eles podem crescer mais do que o normal mesmo que a raça seja de uma estatura menor.

Quando se castra um animal, ele fica mais calmo e pode acontecer de ele não quere se exercitar tanto quanto antes, ou ainda não comer mais como antes, por isso ele pode ficar obeso.

Então é muito importante que você estimule o seu animal ao exercício físico, pois a falta dele ainda pode acarretar até mesmo problemas de coração.

A castração pode desenvolver em seu pet problemas de hipotireoidismo, pois como já mencionado, ao retirar órgãos que produzem os hormônios, pode haver mudanças significativas no corpo dos animais.

Apesar de algumas desvantagens, de forma geral é um bom negócio castrar o seu pet, e para aqueles que dizem não poder pagar, em algumas cidades existem clínicas que fazem esses procedimentos gratuitos.

Mesmo que você tenha que pagar, ainda sim compensa muito, pois os custos de uma cirurgia como essa não serão mais do que os custos com alimentação, remédios e vacinas com os muitos filhotes que o seu animal pode ter.

Mais aqui no mercado amigos.