Empréstimo Imobiliário 9 Dicas para conseguir aprovação mais rápido

O Empréstimo Imobiliário é uma das linhas de empréstimos mais utilizadas no mercado nacional e é a principal forma de aquisição de imóveis e terrenos, com uma das melhores taxas de juros do mercado e a possibilidade de parcelamento em longos prazos atrai muitos interessados.

O funcionamento do empréstimo imobiliário tem como característica a liberação do recurso necessário por uma instituição financeira ou banco para que a o tomador de crédito faça a aquisição de um imóvel e realize o pagamento durante um longo prazo, ficando o próprio imóvel como garantia de pagamento a instituição financeira.

A liberação do empréstimo imobiliário, além da analise de renda do comprador do imóvel, envolve vistoria e análise da documentação do imóvel, por esse motivo existem diversos fatores que podem facilitar a análise de crédito e consequentemente aprovar de maneira mais rápida o crédito.

Empréstimo Imobiliário 9 Dicas para conseguir aprovação mais rápido

Abaixo listamos algumas dicas:

Simule as condições entre diversos Bancos

Antes mesmo de encontrar o imóvel desejado, já inicie as simulações com diversos Bancos, é interessante normalmente realizar ao menos três simulações, com objetivo de comparar as condições e taxas disponíveis.

Verifique as taxas envolvidas

Ao avaliar as simulações não se prenda apenas a taxa de juros, é importante considerar todas as outras taxas envolvidas no crédito imobiliário, avalie a taxa de avaliação do imóvel que varia bastante entre as instituições, verifique as condições de abertura de crédito, verifique o valor do seguro habitacional que também é obrigatório, porém pode ser contratado com uma seguradora de mercado. Lembre-se sempre de comparar as taxas pelo CET (custo efetivo total), esta informação é obrigatório em todas as simulações de crédito e apresenta o custo total, com taxas e impostos.

Defina o tipo de amortização

Já defina qual tipo de amortização melhor te atende, os mais comuns são sistema de amortização constante que possui parcelas com valores decrescentes e Tabela Price que possui parcelas fixas, ambos possuem suas vantagens e desvantagens, já defina o que melhor te atende.

Aprove o crédito o quanto antes

Para agilizar o processo, assim que definir a instituição financeira, já inicie o processo de aprovação de crédito, mesmo que não tenha escolhido o imóvel ainda, já envie a documentação e antecipe o tempo desta etapa.

 

Mantenha sua documentação atualizada

Durante o processo de abertura de crédito e proposta serão solicitados diversos documentos pessoais, de endereço e comprovação de renda, mantenha todos atualizados e com fácil acesso para envio ao banco e evitar atrasos nesse aspecto.

Cuidados na escolha do imóvel

No momento de escolha de imóvel, além de verificar o que mais lhe agrade, verifique também se toda documentação do mesmo está em ordem antes da compra, é fundamental que o imóvel esteja registrado, que não esteja com nenhum tipo de alienação a outros contratos financeiros e seja financiável no âmbito do sistema de financiamento habitacional.

Avaliação do Imóvel

Parece simples, mas é muito importante que o imóvel esteja em situação disponível na data de agendamento da avaliação do imóvel pela instituição financeira, se ninguém receber o engenheiro responsável a vistoria não será realizada e isso vai atrasar o processo.

Contrato

A responsabilidade de elaboração do contrato é da instituição financeira, porém é fundamental que o envio e conferencia de toda documentação seja realizado pelo tomador do crédito, além disso é importante estar disponível para assinatura do contrato assim que finalizado para acelerar o processo.

FGTS

A utilização do saldo do FGTS para entrada ou para amortização do empréstimo imobiliário é um benefício muito importante para o trabalhador de carteira assinada, é bom estar ciente apenas que normalmente os contratos com utilização de saldo do FGTS costumam ter um tempo de concretização maior, principalmente por questões burocráticas da caixa econômica que é a instituição responsável pela gestão dos recursos do FGTS. Se estiver com muita pressa, considere não utilizar o FGTS no primeiro momento e após a concessão do empréstimo, seguir com as regras de utilização do FGTS para quitar parcelas futuras.