Gripe H1N1: saiba quais são os sintomas e como reconhecer a doença

Além de todos os problemas e dificuldades governamentais que o nosso país está enfrentando, nós também temos a preocupação com doenças como por exemplo: a gripe H1N1.

Gripe H1N1

Nesse artigo, eu gostaria de passar para vocês algumas informações bastante pertinentes sobre como funciona essa doença, quais são os sintomas e o que você pode fazer para reconhecer a doença antes dos sintomas se tornarem algo realmente muito preocupante.

O que é a Gripe H1N1?

A gripe H1N1 se trata de um tipo mutação causada do próprio vírus da gripe da gripe. Popularmente conhecida como gripe suína, o H1N1 é um subtipo do Influenza A, que se tornou mundialmente conhecido, quando ele afetou boa parcela da população mundial nos anos de 2009 e 2010.

Os sintomas da gripe H1N1 são muito similares com os que são apresentados em um paciente que contraiu uma gripe comum, inclusive, é possível contrair a doença da mesma forma que você acabaria contraindo a gripe comum. A diferença é que a gripe H1N1, ela pode fazer com que o paciente em questão apresente um quadro de saúde muito grave, devido a outras complicações que puderam vir através da doença, podem levar o paciente à morte.

Como é o período de contágio da doença? Quanto tempo ele dura?

De acordo com especialistas da área, o período de contágio que o vírus H1N1 tem é de três a cinco dias, que no caso é também o período aonde ocorre a manifestação de todos os sintomas. Porém, é possível que o paciente tenha a doença de uma forma assintomática, que é basicamente, sem a presença de nenhum tipo de reação ao vírus. Mesmo durante um período de incubação do vírus, ou em casos de uma infecção assintomática, o paciente em questão ainda sim poderá transmitir o vírus para uma segunda pessoa. Por conta disso, é importante tomar cuidado, e se prevenir diariamente com relação a esse vírus.

 

Você deve buscar se alimentar muito bem, manter o seu sistema imunológico sempre muito forte, para que ele possa resistir a esse tipo de coisa, e obviamente, deve higienizar as mãos a pós andar em um transporte público para garantir que não esteja levando nenhum tipo de bactéria para a sua residência.

O período de transmissão do vírus H1N1 em crianças é de 14 dias, já nos adultos, o período é um pouco mais rápido, dura em torno de 7 dias. A doença pode começar a ser transmitida até mesmo um dia antes do surgimento dos sintomas no paciente em questão. De acordo com os especialistas da área, o período aonde existe a maior chance de transmissão da doença é quando os sintomas já estão se manifestando, inclusive a febre.

 

Como a doença é adquirida?

Você poderá estar adquirindo a gripe suína através das mesmas maneiras que você iria no caso contrair a gripe comum. A única diferença perante essas duas doenças está no agravamento dos sintomas. É importante entender que, a gripe H1N1 ela tem os mesmo sintomas de uma gripe comum, porém, a capacidade que o vírus H1N1 tem de causar a você um agravamento nos sintomas da doença é muito maior.

Levando isso em consideração, caso perceba que o seu resfriado está se tornando uma gripe mais forte, é importante buscar o seu médico especialista para que seja possível diagnosticar o H1N1 à tempo.

 

Sintomas da gripe H1N1

 

Para que você possa lidar melhor com o problema, vou estar mostrando aqui uma pequena lista que contém alguns sintomas que estão relacionados a gripe H1N1. Como eu disse, esses sintomas são muito parecidos com o de uma gripe comum, a diferença está na capacidade que o vírus H1N1 tem de agravá-los.

Lembrando que caso perceba que está com algum sintoma mais forte, procure o seu médico para maiores informações:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Diarreia;
  • Indisposição;
  • Cansaço;
  • Sensação de fraqueza.

 

É importante lembrar a vocês que em caso de suspeita de gripe H1N1, você deve buscar orientação médica para evitar correr riscos de saúde. Diferente da gripe comum, a famosa gripe suína é capaz de levar o paciente a ter maiores complicações de saúde do que uma gripe comum.

Recomendações

Para que você não contraia a gripe H1N1 ou qualquer outro tipo de gripe, a melhor forma de evitar é procurando manter o seu sistema imunológico forte e muito bem protegido. A melhor dica para conseguir conquistar isso é, mantendo uma rotina alimentar mais saudável, e logicamente, praticando exercícios físicos. Esse tipo de prática vai garantir que o seu sistema imunológico esteja sempre pronto para poder lutar contra o vírus da gripe.

 

Essas foram as dicas que eu tinha para vocês, espero que tenham gostado. Agora, é só se prevenir para não precisar passar por qualquer constrangimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *